Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Hora do Dorama: Scarlet Heart: Ryeo


 Oioi, gente! Hoje estou eu aqui novamente para indicar um dorama para vocês, mas dessa vez não será um simples dorama, mas um dos meus favoritos e um dos mais recentes que vi. 
 Esse dorama estava fazendo sucesso pelas comunidades de doramas, mas confesso que demorei para ver, pois não estava dando muita coisa para a história, até que decidi ver e desde o primeiro episódio fui completamente conquistada, pois é uma história maravilhosa.
 Essa é a versão coreana de Scarlet Heart, sendo que a primeira é chinesa e há algumas mudanças nos dois doramas. E essa história é baseada em fatos históricos, ou seja, baseada em um reino real. E como é uma história um pouquinho complexa, vou tentar dividir o post.

Hora do Dorama: Two Weeks


 Oioi, gente! Hoje estou aqui para indicar mais um dorama para vocês e dessa vez é uma história um pouco diferente, pois não iremos acompanhar um romance, mas uma jornada pela sobrevivência e durante tudo isso iremos ver o quanto o amor por um filho pode te tornar forte.
  

Resenha: Macbeth - Mangá


Título: Macbeth - Mangá Shakespeare • Ilustração: Robert Deas  • Tradução: Alexei Bueno Editora: Galera • Páginas: 216 • Ano: 2016

 Eu confesso que nunca li nada do Shakespeare, mas sempre tive curiosidade com as histórias e por isso fiquei bem animada quando vi esse lançamento da Galera, porque imaginei que com o mangá conseguiria entender a história mais facilmente e rapidamente, mas confesso que não foi bem assim.

Resenha: O Pássaro Noturno


Título: O pássaro noturno • Autora: Alice Hoffman • Editora: Bertrand Brasil • Páginas: 176 • Ano: 2016

 Eu sempre tento não julgar um livro pela capa, mas quando me deparo com capas tão lindas quanto a desse livro eu não resisto e acabo adquirindo o livro de alguma forma. Eu não criei muitas expectativas para essa leitura, mas sabia que iria gostar da leitura, porque é um gênero que eu gosto e foi isso que aconteceu.

Melhores de 2016 - Galera Record


 Oioi, gente! Recentemente eu fiz um post com os melhores de 2016 da Arqueiro e da Sextante, então algumas pessoas comentaram que estavam esperando um outro post assim, só que com a Galera Record e eis ele aqui. Novamente vale lembrar que a ordem dos livros citados não deve ser levada em conta, porque gostei de todos igualmente. Mas vamos lá!

Resenha: O último sopro de vida


Título: O último sopro de vida • Autor: Paul Kalanithi • Editora: Sextante • Páginas: 176 • Ano: 2016

 Esses dias eu estava querendo ler algo diferente dos vários romances ficcionais que costumo ler e então vi esse livro, um relato real de um neurocirurgião que foi diagnosticado com um câncer incurável. Fiquei muito animada para ler e para a minha felicidade foi uma leitura muito agradável e emocionante.

Melhores livros de 2016 - Arqueiro e Sextante


 Oioi, gente! Esse ano eu fiz muitas leituras, algumas maravilhosas, outras regulares e até leituras chatas, e como todo leitor eu tenho um top dos melhores do ano. E nesse post eu irei estar falando sobre os melhores livros para mim da editora Arqueiro e da Sextante. Vamos lá? Lembrando que são livros que li em 2016, mas não necessariamente livros lançados em 2016 e que não existe uma ordem de melhor para o pior, porque todos são favoritos.

Resenha: Depois daquela montanha


Título: Depois daquela montanha • Autor: Charles Martin • Editora: Arqueiro • Páginas: 304 • Ano: 2016

 Esse livro tem uma capa bem misteriosa e eu fiquei muito curiosa com a história por isso, mas confesso que é uma história diferente do que costumo ler e por isso não estava muito animada.
 No entanto, esse livro conseguiu prender a minha atenção e a história me conquistou completamente, pois foi muito bem construída e traz muita coisa para se pensar.

Resenha: Princesa das Águas


Título: Princesa das Águas • Autora: Paula Pimenta • Editora: Galera • Páginas: 368 • Ano: 2016

 Vez ou outra leu leio alguns livros que não fazem muito o meu estilo e apesar de eu gostar de romances adolescentes, as obras da Paula Pimenta meio que não chamam muito a minha atenção, porque são adolescentes e clichês demais para mim.
 No entanto, essas são leituras fáceis e eu imaginei que talvez esse livro fosse me agradar mais do que o Cinderela Pop, mas basicamente tive as mesmas impressões com esse livro também e cheguei a conclusão que esse tipo de história não funciona comigo mesmo.

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger