Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Macbeth - Mangá


Título: Macbeth - Mangá Shakespeare • Ilustração: Robert Deas  • Tradução: Alexei Bueno Editora: Galera • Páginas: 216 • Ano: 2016

 Eu confesso que nunca li nada do Shakespeare, mas sempre tive curiosidade com as histórias e por isso fiquei bem animada quando vi esse lançamento da Galera, porque imaginei que com o mangá conseguiria entender a história mais facilmente e rapidamente, mas confesso que não foi bem assim.


 Nessa história vamos conhecer Macbeth, um guerreiro leal ao rei Duquan que ao voltar para casa depois de uma batalha encontra três feiticeiras que lhe dizem que ele se tornará rei.
 O mesmo herda o título de barão de Cawdor, o que excita sua ambição, mais ainda a de Lady Macbeth, sua mulher, que trama o assassinato do rei Duquan para que seu marido se torne rei.
 Para impedir que outros se tornem rei, ele mata Baquo, seu companheiro de batalhas, mas acaba sendo atormentado pela visão do fantasma dele e assim as feiticeiras lhe asseguram que ele nunca será ferido por ninguém "nascido de mulher", logo se sentindo seguro comete outras atrocidades.


 De cara devo perguntar: Gente, que mangá é esse que começa pela frente? Sério, eu peguei o livro e fui ler como geralmente se lê um mangá, ou seja, pelo "final" e vi que não ia dar certo. Mas isso é só um detalhezinho que não atrapalha em nada, na verdade ajuda, porque mangás geralmente são confusos por começar ao contrário.
 A obra possui o texto original, ou seja, eles não adaptaram a linguagem para a atual, o que pode ser visto como um "ponto negativo", visto que se espera que essa obra proporcione uma leitura mais fácil, mas com a linguagem original acaba se tornando um pouco confusa para quem não tem o costume de ler livros assim. Mas ao mesmo tempo é um "ponto positivo" porque assim temos uma ideia maior de como é o livro original e a narrativa do autor. Outro ponto negativo é que achei tudo tão resumidinho que eu fiquei confusa em alguns momentos, porque senti falta de mais detalhes e eu não conhecia a história ainda, mas apesar disso, dá para entender a história


 É uma história bem curtinha, no estilo quadrinhos mesmo, onde há pouquíssimos textos, mas é um resumo bem interessante, especialmente porque no final do livro há um sumário explicando a história, o que é ótimo caso leitor tenha achado confusa a narração em quadrinhos.
 A diagramação está muito bonita e agradável, o livro é repleto de ilustrações no estilo japonês que estão muito bacanas, as mesmas são em preto e branco, mas no começo do livro temos a apresentação dos personagens e nessa parte as ilustrações são coloridas.


 Como comentei essa é uma história curta, mas que vai fazer o leitor refletir muito com tudo o que acontece, pois vemos personagens fazendo tudo o que podem para conseguir mais poder e também vemos que a lei do retorno uma hora vai funcionar e quando a pessoa menos esperar tudo vai voltar para ela.
 Enfim, essa é uma obra que não me deixou extremamente animada com a leitura, mas que me proporcionou algumas reflexões e uma leitura agradável, logo eu recomendo para todos.

(livro recebido em parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Ola Larissa
    Realmente é uma história bem curtinha e eu gostei de ter essa experiência de leitura, ainda mais porque nunca tive a chance de ler algo de Shakespeare. Adorei poder conferir suas impressões a respeito!
    beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia o manga, e pelo o que li na sua resenha é algo que eu não leria. Eu nunca li nada do Shakespeare, e confesso que nunca tive muita curiosidade com as obras dele apesar de achar as capas lindas. Quanto a esse manga, acho que pelo fato de ter usado a mesmo linguagem que encontraríamos nos livros me deixou um pouco apreensiva, em parte porque raramente pego mangas pra lê e pegar um com uma linguagem mais elaborada ia me deixar muito confusa e provavelmente não daria seguimento a leitura. De qualquer modo, adorei conferir as suas impressões sobre o livro haha

    ResponderExcluir
  3. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia o livro e que não costumo ler manga nem similares, mas gostei de elr esta resenha! :)

    Fico contente que tenhas gostado e que faca refletir também, mas devo dizer também que não gostei muito do desenho..

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Larissa!
    Li um mangá da mesma coleção de clássicos. Foi o "Hamlet". Confesso que não curti muito. Não é nem pelo traço e sim pela confusão das imagens, além do que você disse sobre a linguagem ser difícil.
    Acredito que esse também não ia me agradar.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie! Tudo bem? Amo Shakespeare mas simplesmente pelo fato da narrativa não consigo ler nada dele, e gostei de saber que existe um mangá sobre a história do Hamlet, outro livro que eu amaria ler se sua narrativa fosse modificada para a nossa linguagem de agora! Fico feliz que a leitura tenha lhe proporcionado várias reflexões, sempre é bom quando lemos livros/mangás assim!
    BJss

    ResponderExcluir
  6. Olá!!
    Nunca imaginei que veria um dia uma história de Shakespeare transformada em mangá!! Sensacional!! Acho super interessante a ideia de popularizar os clássicos, visto que são de leitura extremamente difícil e pesada.
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?
    Nunca imaginei uma obra de Shakespeare em quadrinhos! rs Confesso que saber que resumiram o texto mantendo a linguagem original não me agradou muito. Esse resumo que tem no final não seria necessário se tivessem remontado a história de forma clara né? rs Essa questão do mangá ser no sentido de nossos livros já foi uma coisa que me agradou! Tenho uma dificuldade danada pra ler de trás para frente haha Curti a indicação e pretendo conferi-la após ler a obra original. Adorei a resenha precisa e sincera.


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho agonia de ler mangá, e não gosto, exatamente por isso de ler de trás pra frente, então gostei de saber que esse não é assim, rs. Também nunca li nada do autor, mas sempre tive curiosidade de conhecer suas histórias. Achei o livro incrível, mesmo sendo mais resumido, deve ser uma ótima forma de conhecer melhor o enredo.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Eu já tinha lido sobre um mangá de shakespeare, mas não lembro se era esse. Que interessante e curioso essa lance de ler de trás pra frente. heheh Deve ser estranho pra quem não é acostumado, ainda bem que esse não é rsrs Fiquei com vontade de experimentar a leitura, afinal tb não li nada de shakespeare. ótima dica

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  10. Oii!
    Acho mangás tão lindos, mas estranhamente não sinto um pinguinho de vontade de lê-los, isso combinado com Shakespeare, que também não me atraí nem um pouco. Nem mesmo pela história de Romeu e Julieta. (risos)
    Mas que bom que gostou!
    Fico contente que tenha gostado!
    Ah, não sou muito atualizada nessas coisas, mas também achei estranho o fato de se inciar pela frente...
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  11. Oi, Lari

    Confesso que nunca entendi o motivo pelo qual mangás começam de trás para frente. Então o fato dele começar "normalmente" não me incomodaria. Hahaha
    Que bom que você conseguiu tirar coisas positivas da leitura apesar das ressalvas. Eu tentei ler Shakespeare uma vez, Romeu e Julieta, mas foi um dos poucos livros que abandonei na vida.

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, nunca tinha visto um manga com a história de Shakespeare e achei muito interessante a ideia, mesmo que deva ser extremamente difícil realizar isso porque são histórias extremamente complexas. Mas gostei de saber que é um trabalho bem feito, que mantiveram a linguagem original e que ainda se preocuparam em ter no final uma explicação maior.
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  13. Vi esse mangá de promoção na amazon, mas deixei pra lá. Fiquei com medo de não gostar da ideia de misturar Shakespeare e mangas, e considerando que não achei resenhas... mas pelo que você disse, a ideia foi bem trabalhada. Quem sabe na próxima eu não compre?
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  14. Faz tempo que não leio mangá, apesar de adorar este tipo de leitura, e ter toda a coleção de Dragon Ball. Tinha visto este mangá na Amazon mas não sabia que tinha um enredo tão encantado quanto você trouxe nesta resenha, adorei o gráfico. Assim que der, vou comprar para conferir.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Larissa!
    Nunca li Shakespeare também, mas conheço um pouco sobre suas obras. Achei bem legal a proposta do mangá e fiquei curiosa. Deu para perceber que o trabalho gráfico é muito caprichado. Se tiver chance quero ler!

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  16. oooi, como vai?
    Primeiro, te admiro por ler Shakespeare, apesar de serem belissimas obras, tem uma linguagem dificil.
    Gostei da sua resenha, voce foi sincera, marcou os pontos positivos e negativos que achou interessante que soubessemos e sobre dizer que nao te animou mas te fez refletir.
    As fotos ficaram otimas e voce foi muito detalhista e sem dar spoilers, adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá
    muito boa sua resenha, parece ser uma hq muito legal de ler e ainda estar por dentro dos clássicos, que bom que gostou tanto e recomenda, fiquei curiosa e as ilustrações estao lindas

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?

    Eu gosto muito dos textos de Shakespeare, mas no original mesmo, sabe?

    Adaptações tendem a encurtar um pouco as histórias, o que não me atrai tanto assim. Mas deixarei anotado aqui.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Adoro histórias de Shakespeare mesmo nunca tendo lido nenhum livro, mas adoro as peças e os filmes de suas obras. Nunca tinha pensado nas histórias dele nesse formato; eu só fiquei triste por você falar que a história é muito curta, mas manter a linguagem o original é uma boa forma de manter uma parte da essência, adorei também os desenhos em forma japonesa que é um jeito diferenciado de mostrar a história.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Mas olha que nem sabia que tinha mangá de MacBeth, ainda mais brasileiro!

    Mas pelo pouco que vi das imagens e juntando com as coisas que você disse, eu não ia gostar. Uma, por não seguir o modelo original de mangá, duas, pela explicação ser pouca. Mangá que é mangá deixa tudo as claras, não importa o quão longo ou confuso isso possa ser! A obra retratada já deixa confuso, se resumir então...!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  21. Oie...
    Nossa eu nao conhecia esse lançamento da editora, mas que ideia fantastica lançar os livros de Shakespeare em forma de mangá!! Amei isso...
    Acho que manter o vocabulario original é muito bom, para dar a sensação de legitimidade ao livro sabe...

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Desconhecia a obra e achei interessante a forma que fizeram.
    Para mim, não acho que seja ponto negativo eles terem mantido o texto original. Claro que era de se esperar que adaptassem para uma linguagem mais atual a fim de facilitar a leitura e entendimento.
    Adorei saber suas impressões.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Ler algo do Shakespeare é algo bem complexo mesmo de se fazer e achei interessante a forma de adaptação de sua história para o livro como uma forma de incentivar a leitura. Mas mesmo assim eu ainda fico com receio de ler... Quem sabe mais para a frente?
    Ah outro detalhe que mencionou que gostei foi o fato de no final ter uma explicação para a história. Assim facilita para quem ficar perdido neh?
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Acho que as histórias de Shekeaspere são complexas por si só é é uma leitura bem trabalhada que mesmo no caso dá adaptação como nesse mangá acaba sendo trabalhoso. Mas achei incrível a ideia que tiverem trazendo acesso assim a leitura dessa história para outras pessoas que talvez com o mangá seja mais fácil.
    Eu confesso que no momento não estou no clima para leituras assim. Mas quem sabe futuramente.
    Bjs

    ResponderExcluir
  25. AI MEU DEUS EU NÃO SABIA QUE A GALERA PUBLICAVA MANGÁ, E POXAN, QUE MANGÁ LINDÃO HEIN, RAPAZ ADOREI, JÁ QUEROOOOOOOO! Esse enredo me chamou bastante atenção, acho que o ponto negativo para mim não foi negativo para transformar para a linguagem mais atual, então eu amei e pode me dar, estou aceitando.

    Mil Beijos,
    Lu - @justificou

    ResponderExcluir
  26. Oiee,
    Meu noivo é apaixonado por Mangás e acompanha vários animes japoneses. Aprendi a gostar com a convivência. Acredito que a edição está muito bacana pelas fotos que você publicou. É bacana quando uma obra mesmo ela não sendo escrita em prosa nos faz refletir . Só queria saber se as personagens evoluem. Beijos!

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger